19 de abril de 2016

RACIONAMENTO

A situação do nosso país é triste. Numa cidade "acolá", os pacientes e funcionários de um órgão público ligado a secretaria de saúde, estão na base do racionamento alimentar. A feira acabou na semana passada e segundo consta, o fornecedor disse que não vende mais enquanto não quitarem o débito anterior, que parece ser bem volumoso.

Pra piorar, o suco, que é um item básico para os pacientes, nem pensar. A janta de hoje foi a sobra do almoço. Amanhã ninguém sabe nem tem previsão do que será o cardápio.

É a crise. Mas, na propaganda dos partidos só aparece prefeito dizendo que tá tudo bem, tudo muito bom. Interessante né?!

Alguém conhece alguma cidade com esse tipo de situação minha gente?

ASSUNTO DIÁRIO: SÓ NÃO VOTO NO PREFEITO

Estamos há poucos meses da eleição para prefeito. Nunca pensei que passasse tão rápido, nem imaginei que chegaríamos nesse período com um prefeito tão desgastado administrativamente e politicamente. Aliás, um fato está intrinsecamente ligado a outro. Em conversa com membros da oposição, o sentimento é o mesmo, ou seja, Luiz Jairo se queimou sozinho e de forma tão rápida que surpreendeu muita gente. A incapacidade de administrar o município, fazendo com que não avançássemos de forma consistente em áreas que o município apresentava crescimento, aliado a uma péssima condução do processo político, está resultando num caos administrativo, que só não está pior em virtude das obras e máquinas deixadas pela gestão anterior.

O povo que não votou, já sabia que seria um caos, mas não tão grande e tão rápido. Outros, acreditaram num sonho e hoje estão bem acordados observando o tamanho do pesadelo que se encontram. E é desse povo que quero falar agora. Você que mora em Natal, que mora em Mossoró ou outra cidade do Brasil, queria dizer que nós que fazemos parte da oposição, estamos impressionados com a quantidade de gente que não vota mais no prefeito. Falo isso com toda sinceridade que eu possa expressar. Gente que nunca votou no PMDB ou contra o “vermelho”, que era a cor original dos bicudos - até chegar Luiz Jairo e toda eleição mudar de cor em virtude das puladas de galho, quer dizer, de partido. Todos com o mesmo discurso: só não voto no prefeito. A insatisfação vem de todas as áreas, de motivos pessoais, de insatisfação com a incompetência, do nojo da cambada de malas cerca o prefeito, da inoperância da máquina pública, da impopularidade do prefeito que se esconde atrás de um celular e por aí vai.

A tentativa de reverter o pensamento desse povo, já começou faz tempo. Alguns aliados do prefeito pregam que esse povo volta, em virtude da oposição não ter dinheiro. Ou seja, a PMU ou o prefeito devem ter, por essa teoria. Esses aliados entram numa contradição que deixa o prefeito numa situação constrangedora, na medida em que nunca se viu um prefeito botar tanta culpa na crise para não fazer nada. Afinal, tem dinheiro ou não tem?

Não tenho bola de cristal pra dizer se voltam ou não. Só sei dizer que conheço bem a maioria dos que hoje não votam no prefeito e digo uma coisa: a maioria não volta mais não, viu menino! Gente que está indignada, gente de coragem, de caráter, que reconhece que errou em acreditar no prefeito e em seu grupo, que não tem vergonha de admitir que levaram uma lapada do prefeito, gente que tem discernimento para enxergar que Upanema não avançou em quatro anos e precisa retomar o crescimento. Essas pessoas cansaram de ver um prefeito e um grupo, que se esconde em caminhonetes blindadas, que passam e fingem que não conhece, aliás, na maioria dos casos o prefeito não conhece mesmo não. Não é atoa que ele só andava com um a tiracolo na campanha. 

13 de abril de 2016

BICUDOS SONHAM COM VICE DO PMDB; ANÍSIO JÚNIOR SERIA SEGUNDA OPÇÃO

Com a aproximação das convenções municipais para a próxima eleição, cresce a expectativa por alianças e definições das chapas que irão disputar o próximo pleito. Pelo lado a oposição, já está definido que os nomes serão apresentados na reta final do prazo. Já pelo lado da situação, quem pensava que a chapa já estava fechada, está redondamente enganado. Isso eu já disse aqui várias vezes e agora são fontes diversas que confirmam que existe o interesse por parte do grupo do prefeito, em ter um vice do PMDB. Essa trama passaria pelo ex-deputado Henrique Eduardo Alves, que teve o apoio do prefeito Luiz Jairo na última eleição. A movimentação tem sido intensa para viabilizar essa união, tendo inclusive sondagens com membros do diretório estadual do partido.

Pelo que apuramos, a possibilidade do PMDB indicar o vice do prefeito, é quase zero. Não me arrisco a cravar o zero, pois em política nada é 100% de certeza, mas praticamente inimaginável essa possibilidade, diante dos atores políticos que compõem o grupo municipal hoje.

Agora vem o detalhe mais importante dessa história. E o vice Anísio Júnior, não serve mais?

Eu já disse e repito: o grupo da situação não tem o nome de Anísio Júnior como o melhor. Só será vice de novo, se não aparecer um nome mais ou menos. Não estou desmerecendo Anísio Júnior quando digo isso. São os fatos que mostram e todo mundo tá vendo. Anísio Júnior não tem demonstrado habilidade política para unir a família, que já firmou terreno na oposição e sinaliza até uma candidatura a vereador pelo grupo. Um importante aliado do prefeito me confessou: se já era difícil com a família unida, agora ficou mais difícil segurar a vaga de vice.

São detalhes como esses que estão alimentando a conspiração contra o vice-prefeito. Do PMDB dificilmente sairá esse nome para a situação, mas só em ir atrás já mostra que o atual vice não tem lugar cativo na chapa. Pior será se o anúncio do novo nome for feito em cima da hora, deixando Anísio Júnior, praticamente sem alternativas ou munição para almejar algo mais.


Aguardemos o desenrolar.

6 de abril de 2016

Mosquito x Bicudo

Recebemos esse texto abaixo, através dos comentários.  Será que tem semelhança com alguma cidade que vocês conhecem?

Na cidade de Upanema
Está se vendo de tudo
Por isso eu estou aqui
Para fazer um estudo
Quem nos prejudica mais
É o mosquito ou o bicudo 

O mosquito ele transmite
Chikungunya dengue e zica
Quando da uma picada
Sem doença ninguém fica
O bicudo não faz nada
Ai a coisa complica

O mosquito perigoso
Trouxe essa epidemia
O povo muito assustado
Vivendo com agonia
E o bicudo malvado 
Aumentou nossa energia

O mosquito tem trazido
Para nós muita aflição
Cuidamos de nossas casas
Sempre com muita atenção
E o bicudo tirando foto 
Segurando um carro de mão

O mosquito põe seus ovos
Em toda água parada
Lata copo e pneu velho
Isso é coisa apropriada
O bicudo vendo tudo
Simplesmente não faz nada

O mosquito é atuante
Ele pica o dia inteiro
Vem atrás do nosso sangue
Deixa nós em desespero
E o bicudo por fora
Só pensando no dinheiro 

Eu escrevi esses versos
Por que estou muito assustado
Do mosquito eu me previno
Pra não ser por ele picado
Já no caso do bicudo
Tô é decepcionado 

poeta: Anônimo 

AINDA DIZEM QUE EU SÓ FAÇO CRITICAR O PREFEITO ELEITO

É sempre assim... Se o prefeito virtual (no caso, eu) não cobra as ações do prefeito eleito, nossa população fica a míngua. Só foi eu mostrar o problema grave da epidemia de Chikungunya/Zika Vírus, que está tomando conta de nosso município, que a azul turquesa resolveu falar sobre a situação. Soltaram uma nota dizendo que o carro fumacê não veio ainda por motivo da falta de inseticida, que é fornecido pelo Governo Federal. Disseram até que o Coordenador de Combate a Dengue, da 2ª USAP, que ao mesmo tempo é CONSULTOR do município (não entendi essa), já prometeu que do dia 10 em diante deveremos ter o fumacê por essas bandas. Vamos torcer que sim, pois o carro é mais um auxílio no combate ao mosquito.

Pois bem. Como prometi, hoje, vamos dar dicas de como o prefeito eleito deve agir para combater o mosquito safado.

Primeiro, é preciso traçar um planejamento de atuação. Isso é simples. Basta mapear as notificações que vai se chegar as regiões de maior incidência dos casos. Depois é preciso mobilizar equipes, que devem ser formadas principalmente pelos Agentes de Saúde e Endemias. Lembro-me que teve uma época em que os mesmos distribuíam piabas nos reservatórios d’água e colocavam uma espécie de “larvicida”. Não sei se esse trabalho continua. Se continua, é pouco divulgado. É evidente que esses profissionais precisam de condições e motivação, coisa que eu já soube que tem, mas tá faltando. Talvez se o senhor prefeito lembrasse de cumprir com o que a categoria tem direito, já melhorava muito a motivação. Continuando, sugiro que coloque a ex-secretária Conceição Medeiros para coordenar esse trabalho. Não conversei com ela, nem sei se ela tem interesse, mas lembro-me da sua importância quando Upanema conseguiu zerar os casos de Dengue, na época em que a mesma era secretária. Ou seja, ela deve ter algo a acrescentar.

Agora vem um ponto importantíssimo. A mídia. Meus amigos, é preciso utilizar os meios de comunicação da forma certa. Veja, que a PMU paga seis mil reais para um carro de som que perturba todo mundo com seu barulho quando temos festas por aqui. Mas, cadê esse som pra divulgar as campanhas importantes do município? Ele deve aparecer agora na campanha de prefeito. Aguardem.

Voltando ao assunto da mídia. Quando digo utilizar a mídia, não é só carro de som não, é saber utilizar todos os meios. Organiza grupo de teatro e faz uma peça, vai pras escolas do município, faz-se palestras, participa dos programas de maior audiência na rádio, sorteia brindes para população, usa-se o carro de som na zona rural e principalmente, faz-se uma propagando “sensacionalista” mostrando que em determinada região, tem tido tantos casos suspeitos. Ou seja, é preciso colocar medo e responsabilidade na população da área que tem os maiores índices de casos suspeitos. Sem a população, a PMU vira depósito de doentes.

Já ia me esquecendo. Aquele trabalho de limpeza que o prefeito tirou foto com carro de mão, não pode ficar só naquela foto não. É preciso dar continuidade.

Veja que são dicas simples e baratas. Também não quero aqui dizer que essa é a receita pronta para se combater o mosquito. São dicas, como falei no início. Ou seja, são coisas que dá pra fazer e não estão sendo feitas por motivos que eu não vou nem citar aqui, pois o que importa é que estamos tentando ajudar a mudar esse cenário.


Depois de ler mais uma matéria do seu colega virtual, tá na hora de trabalhar, né prefeito eleito?!

5 de abril de 2016

UPANEMA TEM MAIS DE 90 CASOS SUSPEITOS DE CHIKUNGUNYA E/OU ZIKA VÍRUS

O Blog do Anax deu um tempo sem informações para nossos leitores. Fomos cobrados para que voltássemos a publicar matérias, o que nos deixa muito feliz, pois é sinal de que deve ter alguém que ler isso que escrevo. Tirando o nosso leitor número 1, é claro.
Pois bem. Como sempre, voltamos com todo o gás para deixar nossos leitores por dentro de tudo que está acontecendo na terrinha de Nossa Senhora da Conceição. Uma das notícias do momento é a provável epidemia de Chikungunya e/ou Zika vírus que assola o município.

A informação passada por um professor da zona rural nos chamou a atenção para o caso. Ele disse que metade de seus alunos está em casa, doente, com sintomas de Chikungunya. Ainda segundo ele, os quatro “S” também vive uma situação parecida, onde grande parte das pessoas apresentam os sintomas.

Passamos duas vezes em frente a Unidade de Saúde, no período da noite e pudemos comprovar o que já suspeitávamos: Upanema vive uma epidemia das duas doenças. Uma auxiliar de enfermagem tinha nos informado que teve dias que a Unidade chegou realizou cerca e trezentos atendimentos. Quando passei em frente, estava lotada a recepção, de pacientes, que na sua maioria tinham os mesmos sintomas: dor na juntas, parecendo que as mesmas deixaram de ser lubrificadas, causando dores horríveis.
Pois bem. Procuramos apurar quantos casos notificados o município tinha, até domingo. Para nossa surpresa, mais ou menos 90 casos suspeitos foram notificados. 

Agora eu pergunto: diante de tamanha quantidade de casos suspeitos, o que a PMU está fazendo para combater, ou alertar a população para tal problema? A resposta é pouco, muito pouco! Bater foto com o prefeito no carro de mão, não tá resolvendo não viu menino. Taí os números pra mostrar!


O que aparenta é uma tentativa de esconder dados, de demonstrar que estamos num céu azul de brigadeiro. Essa impressão eu tiro baseado nesses dados que estou revelando aqui. Você não ver ninguém da secretaria de Saúde vir a público com esses dados, demonstrando preocupação com essa realidade. Tem médico que tá pra pedir o penico, pois não agüenta mais tantos atendimentos num único plantão. O povo também não agüenta mais passar 15 dias ou mais, sendo trucidado pela doença. Sabemos que não é só culpa da PMU, mas ela tem que fazer a parte dela. Quer saber como? Amanhã eu digo. Mas, vou adiantando que não é batendo foto de carro mão, não.

30 de março de 2016

NÃO APRENDERAM A LIÇÃO

No dia 26 de fevereiro de 2015 a Polícia Rodoviária Federal apreendeu um micro-ônibus da Prefeitura de Upanema, que estava sem placa. Passados mais de um ano, a Prefeitura continua com um veículo sem placa. A pergunta que fica é: é o mesmo veículo, ou mesmo tendo um veículo apreendido, a Prefeitura continua desafiando a lei?


A foto ao lado mostra o veículo da Prefeitura que está sem placa. É bom lembrar, que veículos oficiais não pagam o IPVA, ou seja, é mais barato ainda. Portanto é inadmissível  que tenhamos um veículo desses rodando por tanto tempo sem o emplacamento.  

29 de março de 2016

VERGONHA: COM PROBLEMAS NO LIMPADOR DE PARA-BRISAS, ÔNIBUS RETORNA E ALUNOS PERDEM AULA

Na semana passada foi a ambulância que teve problemas com combustível e deixou pacientes ao Deus dará, trancados num calor infernal dentro da mesma, para se proteger de uma chuva. Ontem, fomos informados que o carro que levava novamente pacientes para Almino Afonso, voltou de Campo Grande para Upanema, depois que o motorista lembrou que o veículo estava com problemas na parte elétrica e a luz não funcionava. Agora há pouco foi o ônibus que levava os estudantes da UNP, que teve que voltar do meio do caminho depois que o ônibus entrou numa forte chuva. Detalhe: o ônibus estava com o limpador de para-brisas quebrado.

Vocês estão vendo como estão sendo tratados, veículos e população que precisa dos mesmos, por parte dessa administração?

É evidente que são problemas que poderiam acontecer em qualquer gestão. Mas, peraí... O problema é que é muito problema para quem não resolve problemas. Upanema é testemunha de que a ex-prefeita Maristela deixou uma frota de ônibus e máquinas novas. Em menos de três anos, detonaram os veículos. Você cidadão, dono de um veículo, imagine aí se você pega seu carro com um ano de uso e depois de três anos deixa ele igual aos ônibus da prefeitura. É preciso muito desmate-lo e descompromisso com o mesmo, não é? É verdade também que tinha veículos velhos. Mas, me diga se justifica um ônibus adquirido nessa atual gestão e até hoje não ter sido emplacado?

São sucatas ambulantes que vão se arquejando pelas estradas do município e pelas estradas da região. Oremos todos para não precisar dos mesmos, pois essa administração tá mostrando que se depender deles, a situação deles vai piorar.

E ainda querem mais quatro anos. Olhe o dedinho do povo ó!


22 de março de 2016

DOIS JOGOS, DUAS VITÓRIAS PARA O FUTEBOL DE UPANEMA

FOTO: BLOG PANORAMA DO ALTO
Um fim de semana muito positivo para o futebol upanemense. A equipe sub-13 que disputa o campeonato regional de Assú, ganhou e se classificou para a final da competição, no próximo domingo. O jogo foi contra a equipe do Corinthians local, que havia derrotado Upanema na primeira fase por 2x1.

Dessa vez a equipe entrou mais ciente da difícil missão que tinha pela frente. Logo no início abriu o placar com Antonio, mas deixou a equipe assuense virar o placar e ir para o intervalo com o placar de 2x1. Na segunda etapa a estrela do nosso artilheiro Antonio, voltou a brilhar e ele anotou mais 4 gols e Pedro anotou mais um. No final, Upanema ganhou de 6x4 e se classificou para a grande final da competição.

Agora Upanema pega o time da cidade de Itajá, que está invicto na competição e é disparado o favorito para conquistar o campeonato, em virtude do investimento em atletas de outras cidades. Mas, a geração do sub-13 tem mostrado muito talento e garra, somando-se a isso o diferencial chamado Antonio, que já soma 13 gols na competição.

COPA DO ALTO DO RODRIGUES

Já o Upanema FC jogou sua segunda partida contra a equipe de Areia Branca, única equipe a ter derrotado o UFC na Taça Cidade de Mossoró, recentemente. O jogo entre as duas equipes foi muito truncado e a marcação de ambas as equipes foi o destaque. Mas, foi justamente um erro de marcação do zagueiro adversário que proporcionou que o atacante Giliardi fizesse o único gol da partida para nosso time, no finalzinho do jogo.

Agora Upanema segue firme e invicto na competição com 06 pontos em dois jogos. O próximo jogo da nossa equipe é somente dia 17 de abril, contra o América de Baldum.