28 de janeiro de 2015

Tá calor


O cantor Danilo Lopes é natural de Assú e fez uma paródia muito engraçada sobre o calor que parece que nos últimos dias está pior. Excelente a paródia e melhor ainda a interpretação do talentoso cantor.

27 de janeiro de 2015

TAXA DA ACADEMIA?

Ouvimos agora no programa Gestão em Foco, brilhantemente apresentado pelo meu amigo Núbio de Mello, uma informação no mínimo interessante. Foi dito que a prefeitura estaria comprando novos equipamentos para a academia ao ar livre. Equipamentos destinados a musculação. Só que a população, a exemplo de outras cidades, teria que "contribuir financeiramente" para a manutenção desses equipamentos. Contribuição financeiro é mais uma TAXA? Isso é sério?

Como disse um amigo meu: melhor transformar logo isso aqui em uma associação de moradores. Tudo vai ser por nossa conta agora é?!

26 de janeiro de 2015

Sensato

Conversando com um eleitor arrependido, ele nos dizia que tinha esperança de Luiz Jairo ser melhor que Jorge Luiz, mas hoje, está vendo que o prefeito tem que fazer muito para empatar com Maristela.

Valeu amigo, sensatez é difícil, mas ainda tem gente que tem!

24 de janeiro de 2015

Três bandas de Axé para o carnaval de Upanema

Nossos amigos filhos de Upanema que moram em Mossoró e, todos os anos aguardam de forma ansiosa a realização do carnaval para brincar em nossa cidade, mandaram dizer que as bandas de Axé que vão tocar esse ano aqui são as seguintes:

AXÉBOM

AXÉGRAÇA

AXÉPOUCO


23 de janeiro de 2015

O carnaval é de todos

Algumas pessoas tentam transformar o carnaval de Upanema em uma festa dos bacuraus, coisa que nem de longe é verdade. A festa é de todos, não tem dono, nem facção política. Querer botar na cabeça do cidadão que só quem estar com raiva da não realização do carnaval são os bacuraus é mais uma artimanha para tentar amenizar a decisão do prefeito. Os verdadeiros foliões de Upanema sabem diferenciar uma coisa da outra, o carnaval é uma festa onde brinca todo tipo de gente. A insatisfação é geral, não tem cor nem partido.

22 de janeiro de 2015

Tem gente ficando tonto

O prefeito Luiz Jairo deixou seus aliados em uma situação constrangedora pelo terceiro ano de administração. No primeiro ano, com a não realização do carnaval, provocou uma reação inesperada de vários eleitores, que foram pegos de surpresa. Mas, tinha acabado de terminar uma eleição, ficaria feio não concordar com o prefeito. Para os que não concordavam com o carnaval, foi um prato cheio. Aí, veio o segundo ano. O prefeito realiza o carnaval. Os favoráveis lavam a alma. Enchem o peito e não tem seca, não folha de pagamento, não tem crise, nem promotor que impeçam a alegria dos mesmos. Os contrários, piu, caladinhos, murchinhos, tiveram que engolir. Esse ano o prefeito deu outra cacetada nos que gostam do carnaval. Tem gente que só Deus sabe como tá sofrendo com essa decisão. Um povo que não pode se manifestar, um povo que meteu o pau em Maristela porque fez um carnaval dentro da realidade financeira da PMU e agora sem carnaval por dois anos vem com a história do prefeito não fazer o carnaval por causa da folha de pagamento. Kkkkkkkk. Por outro lado, os contrários, já escabriados, não têm aquela mesma euforia em comemorar a não realização da festa, pois sabem que no próximo ano o prefeito faz de novo o carnaval. Kkkkk.


O prefeito tá deixando esse povo tonto e eu só observando!

21 de janeiro de 2015

Alternativo para Natal

O nosso amigo Leílson, filho do saudoso Zé de Cocó, está fazendo a linha para a cidade de Natal, todas as segundas, quartas e sextas. O carro saí ás 03:30h daqui de Upanema e deixa o passageiro em qualquer ponto da capital. Ligue 9919-7371 e reserve sua vaga.

Dinheiro tem!

Não sou professor de matemática e também já disse que não gosta de tal matéria. Mas, de vez em quando eu me aventuro nesse mundo dos números por observar que eles, apesar de fazer parte de uma ciência exata, podem ser interpretados de várias formas e servir a interesses diversos.

Olhando a ARRECADAÇÃO (FPM, CID, FUNDEB, ICMS etc) do município de Upanema no período de 01/01/2014 a 21/01/2014, depois comparando com o mesmo período de 2015, observamos que a perda na arrecadação do município é irrisória. Lembrando que essa deve ser a forma de passar para o nobre leitor o que verdadeiramente o município arrecadou, pois o FPM é apenas uma parte do bolo arrecadatório.

Em áreas como o FUNDEB, que é basicamente destinada ao pagamento dos professores, a arrecadação aumentou. Isso mesmo! Em 2014 o município tinha arrecadado R$ 231.288,96 e esse ano, no mesmo período Upanema arrecadou R$ 348.662,59. Um aumento de R$ 117.374,37 somente no dinheiro destinado ao pagamento dos professores que compõem a maior parte do quadro de funcionários. Alguém divulgou isso para os professores?

Mas vamos aprofundar mais os números e vejamos se mesmo com a queda do FPM, o município, o prefeito e seus aliados têm razão em fazer essa choradeira toda, tentando causar medo no funcionalismo e querer justificar a falta de vontade de fazer o carnaval com a queda na arrecadação.
Pela conversa do prefeito e seus aliados, Upanema deve ter perdidos mais de um milhão do ano passado para cá, não é verdade? Agora chutem quanto vocês acham que realmente Upanema perdeu. Para se chegar a esse dado, é preciso ser justo e computar toda a arrecadação do município e não uma só fonte. Juntando todas as fontes de arrecadação e diminuindo os débitos, em 2014 Upanema teve nesse mesmo período, um “lucro” de R$ 991.146,00. Em 2015, no mesmo período, Upanema teve um “lucro” de R$ 990.375,00. Ou seja, R$ 771,00 (setecentos e setenta e um reais) a menos na arrecadação de Upanema, pra uma choradeira que pra alguns parece mais de um milhão.

Agora, vem o principal. Nada, mas absolutamente nada desse dinheiro é usado para o carnaval, como eu já disse em outra postagem. Nem que tivesse caído um milhão, isso interferia na realização de um carnaval se o prefeito não tivesse outras prioridades. Portanto meus amigos, defender o indefensável é impossível.

Agora meu amigo pai de família, minha amiga dona de casa, é justo passar a informação somente do que lhe interessa ou é mais justo informar com dados verdadeiros e assim poder oferecer a oportunidade de tirar um conclusão justa a respeito do verdadeiro motivo do prefeito não fazer o carnaval? Já dizia um ex-prefeito: não faz porque não quer. Dinheiro tem!